Assine

ARTiManha a 12 e 13 de julho

Festival que leva arte aos montes acontece pela primeira vez no Alvão

Festival terá lugar na envolvente da Lagoa do Alvão. Foto © DR

É na proximidade a uma lagoa, em plena serra do Alvão, que se desenvolve a quarta edição do ARTiManha – Festival de Artes, evento que “traz arte aos montes” e que reúne “concertos de música, teatro, artes circenses, jogos tradicionais, residências artísticas com associações locais, inclusão e natureza”.

“É o quarto ano que acontece, mas é o primeiro neste formato”, declarou ao 7MONTES José Miguel Carvalho, da associação Animódia – Arte & Cultura. O projeto, que nas últimas edições promoveu o “envolvimento artístico da comunidade local”, deu o salto até à montanha e vai estabelecer-se junto à Lagoa do Alvão, nos dias 12 e 13 de julho, em Vila Pouca de Aguiar.

O tema deste ano é “a natureza e a sustentabilidade”. “O festival tem lugar num espaço de conexão com a natureza, junto a uma lagoa e numa zona repleta de biodiversidade”, referiu o promotor. O cenário é aproveitado para dar o mote ao festival e dá origem a uma conversa sobre a natureza e o futuro das comunidades.

Ao enquadramento natural, o ARTiManha soma arte e cultura. “Vamos ter sonoridades que vão desde as músicas tradicionais à música eletrónica, mas também residências artísticas, jogos populares para famílias, atividades na lagoa, como padel e canoagem, e um concerto meditativo ao pôr do sol”, acrescentou José Miguel Carvalho.

No primeiro dia do festival, 12 de julho, será o dia de Curcumbia e CRUA, banda que explora a música tradicional, através de uma “viagem pela raiz ibérica”. O grupo fará, ainda, uma residência artística com uma associação local para a criação de adufes, um instrumento tradicional de percussão.

Ana Lua Caiano, “uma das vozes mais celebradas da nova música portuguesa”, sobe ao palco no dia 13 de julho. Da programação consta, também, a atuação dos Olive Tree Dance, um concerto meditativo ao pôr do sol, atividades lúdicas, como os Jogos do Hélder, com atividades em madeiras para todas as idades.

Paralelamente, haverá ainda uma peça de teatro pelos utentes do Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão (CACI) e uma exposição de fotografia sobre a fauna do Alvão, da autoria de Luís Tão.

O preço dos bilhetes, já à venda, varia entre 10 euros por um dia ou 18 euros para os dois dias de festival.

 

7MONTES é financiado pelo programa Local Media for Democracy do Journalismfund Europe www.journalismfund.eu

Escreva à redação

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!