Assine

“8 Séculos, 8 Concertos, 8 Igrejas”

Murça: comemorações dos 800 anos arranca com ciclo musical

Último concerto do grupo musical “Douro Arpeggio” aconteceu em Fiolhoso. Foto CM Murça

“8 Séculos, 8 Concertos, 8 Igrejas” é o título do ciclo musical que dá o mote para as celebrações dos 800 anos do município de Murça. O projeto leva música erudita às sete freguesias do concelho e termina no dia 30 de abril, na Capela da Misericórdia, em Murça.

No dia 8 de maio de 2024 assinalam-se os 800 anos do primeiro foral atribuído a Murça pelo Rei D. Sancho II (1224 – 2024). Para comemorar esta data simbólica, à qual se associam, também, as comemorações dos 50 anos do 25 de Abril, “a autarquia está a organizar um programa que arranca com oito espetáculos que têm como palco oito diferentes igrejas do concelho”.

“Os concertos contemplam desde peças litúrgicas e clássicas até aos temas mais contemporâneos”, refere Mário Artur Lopes, presidente da autarquia, sobre o programa que já arrancou na vila de Murça e que percorre as aldeias de Fiolhoso, Jou, Vilares, Candedo, Noura e Valongo de Milhais até ao final do mês. As atuações “serão adequadas aos espaços religiosos e enquadram-se num programa mais vasto de comemorações”, acrescenta o autarca. No passado fim de semana, a iniciativa chegou à Igreja Matriz de Fiolhoso, num concerto que “emocionou e impressionou o público presente”.

A interpretação está a cargo do grupo musical “Douro Arpeggio”, com José Miguel Silva (Piano), Adriana Castanheira (Oboé) e Raquel Santos (Soprano Lírico), com “um reportório diversificado e acessível aos diferentes estilos, influências e idades”.

Além das propostas na área musical, a autarquia tem previsto um programa diversificado, que prossegue depois de 8 de maio (um dia de celebração essencialmente institucional). Será lançada a primeira edição da feira do livro, chamada “Porca a Lápis”, com mesas redondas que vão debater temas da atualidade; terá lugar um evento gastronómico, “Brancos de Murça”, que vai para a segunda edição e que tem o vinho branco local como cabeça de cartaz; e haverá ainda atividades ligadas ao desporto, ao meio ambiente e à valorização da paisagem, como caminhadas, maratonas desportivas, ou provas de BTT.

Escreva à redação

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe to our email newsletter today to receive updates on the latest news, tutorials and special offers!